quinta-feira, fevereiro 02, 2012

JOÃO ULISSES (1947-2012)

(imagem respigada de daqui)


João Ulisses nasce em Mangualde, no sopé da Serra da Estrela, em 1947. Tendo vivido no Porto, deserta em 1970 da guerra colonial, refugiando-se em Amsterdão, onde colaborou na revista Vertical, do Centro Português de Cultura, e frequentou filosofia na Universidade Livre, vivendo o movimento beatniks intensamente até 1985, a par de actividades cívicas diversas.
A revolução dos cravos trouxe-o a Portugal, onde colaborou no movimento poético da revista Quebra-Noz.
Radical, outsider, rebelde, serrano da Estrela, Ulisses o Poeta, atravessou as ruas do Porto que o abraçou e o reconhece por este nome.
Viveu nos últimos tempos numa quinta rodeado por animais e plantas.

Títulos publicados:
-Alegorias do corpo mais triste (poesia), Marânus, 2002 (esgotado);
-História do Soldado que deserta por amor (ficção), Estratégias Criativas, 2004; Tibóteo, o Subtil Pastor do Caos / A Sombra d´Aurora, (ficção), Estratégias Criativas, 2009.
(Biografia adaptada daqui)

Sem comentários: